Estudos, Home

Eniac
Por Eniac em Feb 11, 2023 12:00:00 AM | 5 min de leitura

A capacidade de memorizar informações é essencial para o sucesso em muitos aspectos da vida, desde estudar para um exame até se lembrar de detalhes importantes em um trabalho ou em uma conversa. A boa notícia é que existem várias técnicas e estratégias que podem ser usadas para melhorar a nossa capacidade de memorização. 

Neste artigo, vamos explorar algumas dessas técnicas e mostrar como elas podem ser usadas para ajudar a melhorar a sua capacidade e recordar as informações importantes. 

Inscreva-se

O que é memorização?

Memorização é o processo pelo qual o cérebro armazena e recupera informações, sendo dividida em três fases: a codificação, a armazenagem e a recuperação.

Na fase de codificação, o cérebro processa e interpreta novas informações, transformando-as em uma forma que possa ser armazenada. Já no processo de armazenagem, as informações codificadas são guardadas em diferentes áreas do cérebro para serem acessadas posteriormente. Enquanto que, na fase de recuperação, o cérebro recupera as informações armazenadas e as traz de volta à consciência. 

A eficácia da recuperação pode ser afetada por fatores como o tempo decorrido desde a codificação, a frequência de revisão e as técnicas utilizadas para armazenar as informações.

É importante notar que a capacidade de memorização pode variar de pessoa para pessoa e pode ser afetada por fatores como idade, estresse, saúde geral e uso de substâncias. Algumas técnicas específicas de memorização podem ser utilizadas para melhorar a capacidade de armazenamento e recuperação de informações.

Qual a diferença entre Memorizar X Decorar 

Memorizar e decorar são termos que muitas vezes são usados de forma intercambiável, mas eles têm significados ligeiramente diferentes, pois memorizar é o mecanismo  pelo qual o cérebro armazena e recupera informações, sendo um processo ativo e envolve a codificação, armazenagem e recuperação de informações. Vale ressaltar que, o processo de memorização envolve a compreensão e assimilação das informações, e não apenas o seu armazenamento superficial.

Decorar, por outro lado, é o processo de aprender algo de cor, geralmente para fins de repetição ou reprodução, conhecido como um mecanismo passivo que geralmente envolve apenas a repetição de informações sem tentar compreender ou relacioná-las com outras informações já conhecidas. Decorar é comumente utilizado em contextos como a recitação de poesias ou a aprendizagem de fórmulas matemáticas.

Em resumo, a memorização envolve a compreensão e assimilação das informações, enquanto decorar se concentra principalmente em aprender algo de cor, sem compreender e relacionar com outras informações.

10 melhores técnicas de memorização! 

Repetição espaçada

Corresponde em se concentrar em uma informação e revisá-la regularmente ao longo do tempo. A ideia é que, ao revisar a informação com intervalos regulares, ela se torne mais fixa na memória. Essa técnica é conhecida como "Efeito de Ebbinghaus" e é considerada uma das técnicas mais eficazes para a memorização a longo prazo.

Associação

Responsável por relacionar novas informações com algo já conhecido para facilitar a memorização. Um exemplo é quando o indivíduo tenta lembrar de uma nova palavra em outra língua, buscando associar com uma palavra semelhante, sendo importante para auxiliar a criar uma ligação mais forte com a memória, tornando mais fácil de se lembrar.

Método de loci

Associar informações a lugares específicos para ajudar na memorização, como você tem que decorar uma lista de itens, pode tentar visualizá-los em lugares diferentes, como em sua casa ou no trabalho, isso ajuda a fixar as informações na memória e a recuperá-las mais facilmente.

Estudo diário

Estudar a informação todos os dias para ajudar a fixá-la na memória, podendo  ajudar a manter as informações frescas na mente e a evitar esquecimento devido ao tempo.

Flashcards

Escrever as informações em cartões e revisá-los regularmente, sendo considerado uma boa técnica para informações que precisam ser decoradas, como palavras em outra língua ou fórmulas matemáticas.

Mapas mentais

Corresponde a criar um esquema visual das informações, com palavras-chave e ligações entre elas. Isso ajuda a organizar as informações e a fixá-las na memória de forma mais eficaz.

Gravação

Consiste em gravar as informações em um dispositivo e ouvir regularmente. Isso pode ser útil para informações que são difíceis de decorar, como uma língua estrangeira.

Estabeleça um ritmo de estudos

Estabelecer um ritmo de estudos é importante para maximizar a eficácia das técnicas de memorização. Algumas dicas para estabelecer um ritmo de estudos incluem:

Estabeleça metas

Defina objetivos claros e alcançáveis para o seu estudo. Isso ajuda a mantê-lo motivado e no caminho certo.

Crie um cronograma

Planeje seu tempo de estudo com antecedência, dividindo seus objetivos em tarefas menores e estabelecendo prazos para cada uma delas.

Faça pausas regulares

Não tente estudar por longos períodos de tempo sem parar. Faça pausas regulares para dar descanso à sua mente e evitar o cansaço.

Variação

Não fique preso a uma única técnica de memorização. Experimente diferentes técnicas e encontre aquelas que funcionam melhor para você.

Revisão

Não deixe de revisar o material regularmente. A revisão é uma parte importante do processo de memorização e ajuda a fixar.

Priorize

Comece estudando os assuntos mais importantes ou mais difíceis primeiro, quando você ainda estiver fresco e disposto.

Diversifique

Não estudar apenas um assunto de cada vez, isso pode fazer com que você fique entediado e desestimulado.

Adapte-se ao seu estilo de aprendizagem

Cada pessoa tem um estilo de aprendizagem diferente, então adapte sua rotina de estudo para se adequar ao seu estilo de aprendizagem.

Ensaio

Consiste em escrever sobre as informações e explicá-las de forma clara e concisa, pois pode auxiliar no processo de fixação das informações na memória e a recuperá-las mais facilmente.

Essas são algumas das técnicas de memorização mais populares e eficazes, sendo importante experimentar diferentes técnicas e encontrar aquelas que funcionam melhor para você. Vale lembrar que a memorização é um processo contínuo e requer prática e dedicação. Logo, a memorização é uma habilidade que pode ser desenvolvida e aprimorada com o tempo.

Estudos Home

CONTEÚDOS RELACIONADOS

Relatório de estágio: o que é, como montar e mais!

Ao transpor a linha entre a teoria e a prática, o estágio surge como uma ferramenta fundamental na construção da ...
6 min de leitura

Saiba como escolher a profissão dos seus sonhos!

Na encruzilhada entre juventude e maturidade, a decisão profissional clama por uma escolha criteriosa diante do vasto ...
5 min de leitura

Evitar procrastinação: como focar nos estudos!

Em um mundo cada vez mais veloz e repleto de distrações digitais, a procrastinação surge como um dos grandes desafios ...
6 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Estudos Ver mais conteúdossobre Home